Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fino Recorte

Havia uma frase catita mas que, por razões de força maior, não pôde comparecer. Faz de conta que isto é um blog de comédia.

Fino Recorte

Havia uma frase catita mas que, por razões de força maior, não pôde comparecer. Faz de conta que isto é um blog de comédia.


Roberto Gamito

28.06.21

O jogo do Euro 2020 que opôs Portugal e Bélgica relatado segundo o parecer de um taberneiro.

(Segundo a ordem do jogo)

 

O curling consegue ser mil vezes mais emocionante que o jogo de Portugal.

Se eu soubesse que o jogo ia ter este ritmo, tinha convidado o Sá Pinto para vir cá a casa. Levava no focinho, mas ao menos não adormecia.

O ataque de Portugal é como o bêbedo que regressa a casa: pára em todas as tascas.

Espero que não me cancelem, mas o Palhinha tem cara de contabilista.

Grito do capitão.
O jogo de Portugal não dá tesão e Ronaldo acabou de fingir o orgasmo.

Futebol espectáculo.
Finalmente percebo os franceses aquando da invenção da guilhotina. Isso sim era um espectáculo.

Comentador: Cristiano rima com golo.
Camões: Mas quem é este caralho?

Cristiano Ronaldo é como aqueles putos que descobriram os botões das fintas: até se esquece que precisa de marcar golos.

Portugal é um virgem na zona de concretização: só faz é merda.

Isto é espetar dois lá dentro para os belgas se sentirem em casa. Eles adoram batatas.

Hazard do caralho!

Se Rui Patrício não tivesse cortado as unhas, tinha apanhado a bola.

Os remates de Palhinha são de outro mundo. De Marte, que é para onde vai a bola.

A Bélgica se pudesse pegava na bola e ia para casa.

Na cabeça dos jogadores portugueses, é uma baliza de hóquei.

Bélgica, país das batatas fritas, do chocolate e do engonhanço.

Fernando Santos sentou-se no banco da Bélgica, não foi? É tão bom treinador que está a treinar duas selecções ao mesmo tempo. É o "não jogar um caralho" a fazer escola.

Portugal não consegue sair para o ataque? Mas quê? Precisa de pedir autorização ao encarregado de educação. Estou fodido com estes putos.

Pepe é activista vegan — está sempre a molhar a sopa.

Bom jogo de preparação. Mais dois destes e estamos prontos para o euro.

Enquanto o golo não chega, masturbamo-nos com o domínio de bola de Cristiano Ronaldo.

Depois do jogo preciso de ir a um funeral para ver se me alegro.

Os belgas são fortes no jogo aéreo, no chão, a relva atrapalha. Nem que joguem com a cabeça da picha, mas marquem.

Perdemos o festival europeu da monotonia.

BélgicaxPortugal, segundo o taberneiro

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

subscrever feeds

Sigam-me

Partilhem o blog