Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fino Recorte

Havia uma frase catita mas que, por razões de força maior, não pôde comparecer. Faz de conta que isto é um blog de comédia.

Fino Recorte

Havia uma frase catita mas que, por razões de força maior, não pôde comparecer. Faz de conta que isto é um blog de comédia.


Roberto Gamito

22.01.22

Novo episódio de Tertúlia de Mentirosos.

Tertúlia de Mentirosos com Rui Cruz

Hupo Pinto. Realizador.

Deambulámos por uma enormidade de temas, a saber:
Censura diluída?, segurança e pedantismo, pedantismo lisboeta, piada e o twitter, o mundo flutuante da arte, o poder do estatuto, Mozart e o comentário no YouTube, a miopia do génio, o circo do ego, o rescaldo do roast, produtores de conteúdo precários, o mundo da Twitch, Humor, Homem e narcisismo, comédia sem surpresa, Dave Chappelle, comediantes de textos e comediantes de aparato, Zelig e Woody Allen, Riso de Mozart, artista infeliz, escrever crónicas, o mundo dos podcasts, Adam Sandler 100% FRESH, solo Como Todos Fazem, o próximo solo, sociedade da estatística.

(Partilhem, sigam o Tertúlia de Mentirosos no Spotify e dêem 5 estrelinhas no itunes)
 
Podem ouvir o episódio aqui ou noutra plataforma de podcast.


Roberto Gamito

24.12.21

Novo episódio de Tertúlia de Mentirosos.

Hugo Pinto, Tertúlia de Mentirosos

Hupo Pinto. Realizador.

Deambulámos por uma enormidade de temas, a saber:
a primeira curta, escolha de actores, transformação de um conto em argumento para uma curta, escola da televisão, realizador Hugo e editor Pinto, relação entre realizador e actores, os efeitos positivos e negativos dos prémios, Viver Todos os Dias Cansa de Pedro Paixão, Humor no cinema português, plataformas de streaming, a pandemia, patrocínios, licença para gravar no exterior, a relação com o guião, viver com as personagens, Joker.

(Partilhem, sigam o Tertúlia de Mentirosos no Spotify e dêem 5 estrelinhas no itunes)
 
Podem ouvir o episódio aqui ou noutra plataforma de podcast.

Aqui


Roberto Gamito

28.11.21

Onde há pessoas Há merda

Podcast Onde Há pessoas Há merda

Podcast educadamente obsceno, virtuosamente sacrílego,
gritantemente libidinoso, sensivelmente humorístico, impossivelmente absurdo, assustadoramente parvo, esporadicamente genial sobre as investidas do acaso sobre as duas pessoas que dão alma a este sarau de comédia, a saber: Gonçalo Patrício e Roberto Gamito.

O ouvinte menos familiarizado com o mundo pode eventualmente equivocar-se ao mergulhar nesta tremenda obra, que é como quem diz, o diálogo povoado de pepitas destes dois comediantes. De facto, Onde Há Pessoas há Merda. Rir-se-á quando apoucarmos pessoas e castigará, à boa maneira de Gil Vicente, os costumes. Agradecemos o riso, mas isso não faz de nós amigos. Se aproveitamos o facto de o humor aproximar as pessoas é porque, no fundo, nos facilita o trabalho quando resolvermos mandar tudo pelos ares.

Gonçalo Patrício

Gonçalo Patrício, hoje reformado, foi durante muito tempo olheiro de certas partes femininas. Em tempos idos, era comum vê-lo na selva à cata de novas espécies de tetas. Ao contrário do javardão clássico, fê-lo propulsionado pela sua fome científica. Apesar de retirado, persiste como uma sumidade no assunto e hoje é comum vê-lo em palestras durante as quais tenta doutrinar os jovens sobre os benefícios de visionar um belo par de mamas. Há quem diga que foi expulso da Ordem das Tetas quando, num momento de fraqueza, sussurrou: “belo rabo!” Gonçalo consegue ver humor em tudo, excepto nas papas de sarrabulho. Durante a pandemia fez a tropa na Twitch e lá aprendeu o valor da amizade e do bom dia. As suas maiores referências são George Carlin, Joana Marques e Tiagovski.

Amigo do seu amigo e inimigo do seu inimigo. Nunca ganhou um giveaway e culpa a Pipoca Mais Doce por isso.

Roberto Gamito

Roberto Gamito é mais um repetente da escola da vida. Em tenra idade, foi puxado pela orelha pela mãe após ter profanado uma estátua com mijo. Desafortunadamente, não nasceu numa família de activistas e foi castigado com mil e uma palmadas no rabo.

A farpela de humorista não lhe assenta bem, e sempre que pode anda nu com um gorro na piça. A piça, tal como o velho, não se dá bem no frio. Prefere a verdade ao riso, o pensamento à gargalhada e o bitoque à sopa. Depois do exílio na universidade, regressa a Paris em 1974. Dez anos depois sucede, infelizmente, o seu nascimento.

Viveu na obscuridade e sem um tostão, qual albino de classe baixa, mas a sua obstinação fez com que ele alcançasse um estatuto invejável — o anonimato, pese embora tenha ganho momentâneo destaque com a obra Elogio ao Escroto.
É crente na santa trindade cu, mamas e pipi.

A sua inscrição tumular dirá tudo o que precisamos saber sobre este selvagem: “Mas que merda vem a ser esta?!”

O único podcast de humor português sem Patreon.

Podem ouvi-lo e aqui: 


Roberto Gamito

04.11.21

Luís Carmelo, Tertúlia de Mentirosos

Luís Carmelo. Escritor.

Deambulámos por uma enormidade de temas, a saber: livros e livros diluídos, o leitor é um animal em vias de extinção?, verticalidade dinamitada e horizontalidade pós-moderna, Gnaisse, clássicos e livros novos, metáfora e o salto, pensamento nómada, o jornalismo e as redes sociais, um mundo sem memória nem futuro, literatura portuguesa e o humor, o humor envelhece mal?, universalidade e a tentação de responder à própria época, experiências da intensidade.

Podem ouvir o episódio aqui ou noutra plataforma de podcast.

 


Roberto Gamito

22.10.21

Rúben Branco, Tertúlia de Mentirosos

Rúben Branco. Humorista e rei do underground.

Deambulámos por uma enormidade de temas, a saber: o conforto e o sentimento uterino, opiniões nas redes sociais, as redes sociais como montra para a hipocrisia, Big Brother, polémicas no twitter, o humorista e a imagem, a morte na arte contemporânea, o comediante português não falha?, cada geração tem os seus interesses, a relação do humorista com as redes sociais.

Rúben Branco nas redes sociais:
https://www.instagram.com/rubenbranco123/

Podem ouvir o episódio aqui ou noutra plataforma de podcast.

 


Roberto Gamito

08.08.21

tertulia_de_mentirosos_cover_Cátia Domingues.png

 

Cátia Domingues. Humorista e amante de mesas vestidas.

Deambulámos por uma enormidade de temas, a saber: encontro mágico, vontade de estar com pessoas, Covid-19 e a perda de paladar, bolhas do twitter, o mundo encantado do tinder, stand-up não é rap, é boxe, o mundo da cozinha, trabalhar o texto, mundo veloz, livros e revistas de humor, Vilhena e Woody Allen, a obra e o artista, o outro enquanto quadro.

Cátia Domingues nas redes sociais: Instagram

Podem ouvir o episódio aqui ou noutra plataforma de podcast.
 
 


Roberto Gamito

15.06.21

Tertúlia de Mentirosos com Catarina Matos.

Tertúlia de Mentirosos Catarina Matos

Catarina Matos. Humorista, cultora da one-liner, cheerleader da vida.

Deambulámos por uma enormidade de temas, a saber: o medo de falar de mais, o medo do ridículo, projectos na gaveta, o mundo encantado do plágio, o produtor de conteúdo e o repetidor, as metamorfoses das redes sociais, a conversa ideal, Steve Martin, síndrome do impostor, a vertigem da velocidade, os subterrâneos da comunicação, guardar resíduos radioactivos, magia e ilusionismo, gerir uma noite de comédia.

Podem ouvir o episódio aqui ou noutra plataforma de podcast.





Roberto Gamito

08.06.21

Tertúlia de Mentirosos com Marine Antunes.

tertulia_de_mentirosos_cover_marine_antunes.png

 

Deambulámos por uma enormidade de temas, a saber: paixão e amor, mau feitio, treinar o elogio, o cancro ensina-nos alguma coisa?, cancro com Humor, novos projectos, abraçar novas experiências, o falhanço. 

Podem ouvir o episódio aqui ou noutra plataforma de podcast.

 


Roberto Gamito

24.05.21

Tertúlia de Mentirosos com Paulo Oliveira.

paulo_oliveira_tertulia_de_mentirosos_cover.png

Deambulámos por uma enormidade de temas, a saber: Tertúlia de Mentirosos, o livro; o humor aproxima as pessoas?; Humor e o Narciso; o politicamente correcto enquanto herdeiro das religiões caídas; a comédia e a leveza; humor negro; o comediante; o erro e percepção do público; a coisa mais importante no stand-up; episódio com heckler; o chico esperto residente; o stand-up do ponto de vista de quem ensina; a importância do networking; redes sociais e o comediante; a circulação do elogio; 'lambe-gaitismo'; Bang produções; as duas coisas mais importantes para quem quer ser comediante; aprender com as noites más; cursos de stand-up comedy; o sonho comanda a vida?

Podem ouvi-lo aqui ou em qualquer plataforma de podcasts.




Roberto Gamito

29.01.21

Túnel de vento podcast, Roberto Gamito

 
Apeadeiros da conversa:
.Não saber andar na rua devido à pandemia.
.Elogio ao frango assado.
.Objectificar o outro.
.Estudioso do sexo.
.Compro o jornal para não ler.
.
O cume da impotência.
.Uma crítica ao podcast típico.
.E outras ninharias.
 
 
Podem escutá-lo no Soundcloud  ou nos sítios do costume. 
 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Sigam-me

Partilhem o blog